sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

    À todo instante, fujo da realidade, viajo em pensamentos que por um tempo foram negligenciados. Sinto uma dor terrível por ter aberto mão do que mais me importava; agora, tento domar esses sentimentos eufóricos dentro de mim. Queria quer ele soubesse o quanto o amo, que eu faria qualquer coisa por essa causa. Peço à Deus, oro, choro, suplico..mas não há sinais, não há respostas. Queria que soubesse do presente anônimo, das cartas que não foram entregues, das fotos colecionadas, da palavras rabiscadas em cadernos, agendas e afins..de tudo! Ah..as esperanças existem, mas não sei por quanto tempo existirei eu. Espero que dê tempo de realizar meu maior sonho! :(




#dream #loveyou #A

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015