sábado, 26 de março de 2011

A garota vazia .. ¹


 Eu já zerei todos os meus relógios, desliguei meus celulares e outros eletrônicos; fechei parcialmente as janelas, tranquei as portas. Fechei os olhos.
Só via névoas em meio à escuridão. Era tudo árduo e flagelante.
Eu nada sentia, talvez um vazio...
No profundo da alma, sentia tristeza.
Há ainda a culpa por nada ter dito. Joguei as flores pela janela, rabisquei as palavras, apaguei os sonhos.
O barulho cessou. Agora há um soar, constante badaladas principiantes tranquilas terminadas em hemorragia cerebral. Torturas medíocres assassinas.
A voz mal sussurra, as pernas bambas, estômago oco; coração negro acelerado; saudade escorrendo pelos olhos de jabuticaba que fitavam as fotografias espalhadas pelo chão.
Lá fora, as folhas dançam com o vento; sereno vai aumentando, transformando-se em chuva finíssima. A tarde vai-se indo, o sol já se pondo sutilmente, se escondendo da chuva, deixando frestras alaranjadas em meio às réstias do azul do céu.
Havia tanto a contar, a declarar; mas ali residia aprisionada por culpa do ingênuo e imaturo coração.
Coração covarde que não se entrega ao amor; amor que tanto descreve em suas mais belas poesias, mas não tem a ousadia de vivê-los.
Apesar de depravada, quer viver. Viver para si e para o Superior; isso basta. E a cada dia, provar que não veio à essa porcaria de mundo à toa !


By: Wend ( 25/03/2011 )
Picture: dzphotography.it

2 comentários:

  1. Gostei do seu blog *--*
    Estou ti seguindo, se puder segue o meu tambem!
    http://aninhabeatriz15.blogspot.com/

    ResponderExcluir

O que achou?